Make your own free website on Tripod.com

                   RESPIRAÇÃO ARTIFICIAL

          A respiração artificial é empregada em todos os casos em que a respiração natural é interrompida. O método consiste em um conjunto de manobras mecânicas por meio das quais o ar , em certo e determinado ritmo, é forçado a entrar e sair alternadamente dos pulmões. A instruções gerais referentes à aplicação desse método são as seguintes:
- Antes de tocar o corpo da vítima, procure livrá-la da corrente elétrica, com a máxima segurança possível e a máxima rapidez, nunca use as mãos ou qualquer objeto metálico ou molhado para interromper um circuito ou afastar um fio;
- Não mova a vítima mais do que o necessário à sua segurança;
- Antes de aplicar o método, examine a vítima para verificar se respira: em caso negativo, inicie a respiração artificial;
- Quanto mais rapidamente for socorrida a vítima, maior será a probabilidade de êxito no salvamento;
- Procure abrir e examinar a boca da vítima ao ser iniciada a respiração artificial, a fim de retirar possíveis objetos estranhos (dentadura, palito, alimentos, etc.),examine também narinas e garganta. Em caso de haver dificuldade em abrir a boca da vítima, não perca tempo, inicie o método imediatamente e deixe essa tarefa a cargo de outra pessoa;
- Chame imediatamente um médico e alguém que possa auxiliá-lo nas demais tarefas, sem prejuízo da respiração artificial, bem como, para possibilitar o revezamento de operadores;
- Desaperte punhos, cinta, colarinho, ou quaisquer peças de roupas que por acaso apertem o pescoço, peito e abdômen da vítima;
- Agasalhe a vítima, a fim de aquecê-la - outra pessoa deve cuidar dessa tarefa de modo a não prejudicar a aplicação da respiração artificial;
- Não faça qualquer interrupção, por menor que seja, na aplicação da respiração artificial;
- Não faça qualquer interrupção, por menor que seja, na aplicação do método, mesmo no caso de se tornar necessário o transporte da vítima a aplicação deve continuar;
- Não distraia sua atenção com outros auxílios suplementares que a vítima necessita, enquanto estiver aplicando o método - outras pessoas devem ocupar se deles;
- O tempo de aplicação é indeterminado, podendo atingir 5 horas ou mais; enquanto houver calor no corpo da vítima e esta não apresentar rigidez cadavérica há possibilidade de salvamento;
- O revezamento de pessoas, durante a aplicação deve ser feito de modo a não alterar o ritmo da respiração artificial;
- Ao ter início a respiração natural, sintonize o ritmo da respiração artificial com a natural;
- Depois de recuperada a vítima, mantenha-a em repouso e agasalhada, não permitindo que se levante ou se sente, mesmo que para isso precise usar força; não lhe de beber, a fim de evitar que se engasgue; após a recuperação total da vítima, pode dar lhe então café ou chá quente;
- Na maioria dos casos de acidente por choque elétrico, a MORTE é apenas APARENTE, por isso socorra a vítima rapidamente sem perda de tempo;

Método da respiração artificial Boca-a-Boca 

1-Deite a vítima com as costas voltadas para o chão e com os braços estendidos;

2-Retifique a via aérea: coloque uma mão na nuca do acidentado e a outra na testa, inclinando a cabeça da vítima para trás, para permitir o fácil acesso ( através de uma via respiratória sem angulações) do ar até os pulmões da vítima. VEJA AS GRAVURAS. 

3-Com o polegar e o indicador aperte o nariz, para evitar a saída do ar;

4-Encha os seus pulmões de ar;

5-Cubra a boca da vítima com a sua boca, não deixando o ar sair;

6-Sopre até ver o peito  da vítima erguer- se;

7-Solte as narinas e afaste os seus lábios da boca da vítima para deixar sair o ar;

8-Repita esta operação, a razão de 13 a 16 vezes por minuto;

9-Continue aplicando este método até que a vítima respire por si mesma.

VOLTA À PÁGINA ANTERIOR