Make your own free website on Tripod.com

 
Essas etapas, desde a estimulação do mamilo até a secreção do leite, são chamadas reflexo de produção ou reflexo da prolactina. 

A glândula pituitária produz mais prolactina durante a noite do que durante o dia. Portanto, o aleitamento materno à noite ajuda a manter uma boa produção de leite. 

Oferta e Procura 

É muito importante entender o efeito da sucção na produção do leite. Quanto mais sucção, maior a quantidade de leite produzido. Se a criança pára completamente de sugar ou se nunca começa, as mamas param de produzir leite. Se a mulher tem gêmeos e ambos sugam, suas mamas produzirão a quantidade extra de leite de que as duas crianças precisam. 

Isso é chamado oferta e procura. As mamas produzem tanto leite quanto a criança precisa. Se a mãe quer aumentar a oferta de leite, deve estimular a criança a sugar um maior número de vezes e por mais tempo. NÃO deve perder uma mamada para “economizar” leite – isto fará com que as mamas produzam menos.

 
MAIS SUCÇÃO PRODUZ MAIS LEITE

Outros Efeitos da Prolactina 

A prolactina e outros hormônios inibem os ovários. Portanto, o aleitamento materno retarda o retorno da fertilidade e da menstruação . 

Retirada do Leite 

Para que a produção láctea se mantenha é essencial a retirada do leite. Se o leite não for retirado, a mama produzirá menos. A pressão do leite restante no tecido mamário diminui a secreção. Esse efeito é independente do reflexo da prolactina. Se a criança deixar de sugar em uma mama, esta pára de produzir leite – mesmo que a criança continue sugando na outra mama e estimulando o reflexo da prolactina. Portanto, a retirada do leite ajuda a manter sua produção. Se a criança não for capaz de sugar por algum tempo, a mãe pode retirar o leite por expressão manual ou com bomba.
 
 

página anterior