Make your own free website on Tripod.com

                       ALERGIA RESPIRATÓRIA

     A alergia respiratória pode ser definida como uma sensibilidade aumentada (exagerada) das vias respiratórias a agentes presentes no meio ambiente. Essa maior sensibilidade é determinada geneticamente (é hereditária). O indivíduo alérgico é um indivíduo mais sensível que a maioria das pessoas a determinados agentes. A intensidade da manifestação alérgica é muito variável.

              QUANDO SUSPEITAR DE ALERGIA RESPIRATÓRIA

- Quando a criança vive "gripada". Até a idade de 5 anos é normal ter até nove episódios de infecção respiratória (das vias aéreas superiores, principalmente de causa viral) por ano. Estes episódios se concentrarão nas épocas mais frias do ano. Entre um episódio e outro a criança deve estar bem, sem sintomas e a duração de cada episódio deve ficar restrita a no máximo 15 dias. Do contrário, é provável que esta criança tenha alergia respiratória;

- Na presença de ronco noturno e obstrução nasal persistente (mais de 15 dias). Isso pode indicar rinite alérgica e/ou hipertrofia (aumento) de adenóides e de amígdalas;

- Tosse persistente (mais de 15 dias);

- Presença de chiado (sibilância) e ronqueira no peito;

- Crises de espirros frequentes.

         TRATAMENTO DA ALERGIA RESPIRATÓRIA

1 - EVITAR OU AFASTAR OS AGENTES CAUSADORES DE ALERGIA:

- Mantenha o quarto bem ventilado e ensolarado;
- Limpe diariamente a casa com pano úmido;
- Combata focos de mofo (use água sanitária para remover o mofo), infiltrações e umidade existentes;
- Evite carpetes, tapetes, cortinas e estofados;
- Evite ter no quarto objetos que possam acumular poeira, como: bichos de pelúcia, bonecas, livros,etc.;
- Não utilize inseticidas, cera ou materiais de limpeza com cheiros fortes;
- Troque a roupa de cama pelo menos uma vez por semana;
- Prefira os acolchoados (edredons);
- Cubra os colchões e travesseiros com capa impermeável;
- Ponha cobertores e travesseiros no sol sempre que possível;
- Evite perfumes;
- Não fume;
- Não permita que os animais domésticos entrem em casa.

2 - USO DE MEDICAMENTOS: dependendo dos sintomas poderão ser receitados anti-histamínicos, corticóides e broncodilatadores. Somente o médico tem condições de receitar os medicamentos adequados a cada caso.