Make your own free website on Tripod.com

      RACHADURA DO BICO DO SEIO (VEJA FIGURAS)

CAUSAS:

- A PRINCIPAL CAUSA DA RACHADURA DO BICO DO SEIO É A SUCÇÃO COM A ARÉOLA DISTENDIDA.COMO ELA ESTÁ DISTENDIDA, O NENÊ NÃO CONSEGUE ABOCANHÁ-LA. ASSIM FICA FAZENDO SUCÇÃO SOBRE O BICO, OCASIONANDO LESÃO NO LOCAL E FORMAÇÃO DE RACHADURAS, MUITO DOLOROSAS. ESTAS LESÕES PREDISPÕEM À INFECÇÃO DO SEIO E CONSEQUENTE FORMAÇÃO DE ABSCESSOS.POR ISSO É IMPORTANTE VERIFICAR SE A ARÉOLA ESTÁ BEM MACIA ANTES DAS MAMADAS: SE NÃO ESTIVER MACIA DEVE-SE ESVAZIAR O SEIO (VEJA TÉCNICA DE ORDENHA MANUAL).

- O USO DA BOMBA MANUAL PARA ESVAZIAR O SEIO TAMBÉM LEVA OS BICOS DOS SEIOS A ESTADOS LASTIMÁVEIS, MUITO MACHUCADOS E NÃO RESOLVE O PROBLEMA DO EXCESSO DE LEITE, PRINCIPALMENTE SE HOUVER OBSTRUÇÃO DOS CANAIZINHOS QUE TRANSPORTAM O LEITE. A BOMBA É TOTALMENTE CONDENADA;
- HIGIENE EXCESSIVA E USO DE POMADAS E LUBRIFICANTES TAMBÉM CONTRIBUEM PARA AS RACHADURAS, POIS AGRIDEM A PELE E TIRAM A PROTEÇÃO NORMAL DELA.PARA CONSERVAR A HIGIENE DO BICO DO SEIO , BASTA QUE A MULHER TOME O SEU BANHO DIÁRIO E CONSERVE O SEU SUTIÃ LIMPO, TROCANDO-O DIARIAMENTE;

PREVENÇÃO DAS RACHADURAS :

     A maneira mais eficiente de prevenir as rachaduras é oferecer o seio para a criança com a aréola bem macia, flexível. A criança deve abocanhar toda ou quase toda a aréola ao sugar de forma eficiente; Outras medidas a tomar: não usar bomba de sucção, pomadas, lubrificantes e nem praticar higiene excessiva. Ao retirar o seio da criança deve-se pressionar a aréola com o dedo, bem perto da boca do nenê: isso faz com que o bico saia suavemente .

COMO CUIDAR DO BICO COM RACHADURA: esvaziar os seios antes, depois e no intervalo das mamadas. Oferecer primeiro o seio que não tem rachadura ou que está menos dolorido: logo que o leite começar a escorrer passar para o seio com problema . Aconselha-se também exposição dos seios ao sol, por mais ou menos 20 minutos, todos os dias, até obter completa cicatrização. O horário indicado é das 7 às 10 horas. Como medida complementar, expor os peitos para arejar, sempre que possível.


VOLTA À PÁGINA ANTERIOR