Make your own free website on Tripod.com

 COMO É FORMADO O SEIO E COMO É PRODUZIDO O LEITE

 

 

   ESTRUTURA DO SEIO MATERNO

       LEGENDA

A- Alvéolos: semelhantes a grãos de uvas, bem pequenos. Produzem o leite à medida que a criança suga. No seio existem centenas destes grãos de uva distribuídos pelos 18 a 20 cachos de uvas. Neles chegam , através do sangue, substâncias nutritivas que são transformadas em leite.

B- Canalículos: canais muito finos que transportam o leite dos alvéolos para os canais.

C-Seios galactóforos:depósitos de leite que se encontram sob a aréola, onde se deposita o leite que é produzido.

D-Mamilo ou bico do peito:de onde sai o leite para a boca da criança.

E-Aréola:parte marrom ao redor do bico do seio.

     A glândula mamária (seio) é formada por um conjunto de 18 a 20 lobos, que produzem o leite. Para melhor compreensão, os lobos podem ser comparados a cachos de uva, que possuem os grãos de uva (chamados cientificamente de alvéolos). Os alvéolos (grãos de uva) estão ligados a canaizinhos curtos (canalículos) que acabam por se juntar a um canal mais largo e mais comprido que termina numa bolsa - chamada de seio galactóforo, que funciona como depósito de leite -,que está localizada debaixo da aréola (parte escura ao redor do bico do seio). O nenê ao mamar deve abocanhar a aréola que abriga os depósitos de leite. Esvaziando esses depósitos, faz com que os alvéolos comecem a trabalhar produzindo leite. Do seio galactóforo parte canal que vai terminar no bico do seio. Somente 1/3 do volume total de leite é produzido entre as mamadas; portanto a maior parte é produzida durante o tempo que o nenê está sugando o seio. Conclui-se, então, que quanto mais o bebê sugar, mais leite será produzido.

             ASPECTO E COR DO LEITE MATERNO

Nos primeiros três a quatro dias após o parto, o leite é de cor amarela. É o chamado colostro, que proteje a criança contra várias doenças e, por ser rico em gordura, também proteje o bico do seio. Depois aparece o leite branco, que pode ser dividido em duas partes: na primeira delas ele é mais claro, parecido com água de coco ou com a segunda água da lavagem do arroz; é aguado. Esta primeira parte é aquela que aparece no início da mamada, logo que a criança começa a sugar. É formado ou produzido entre as mamadas e fica acumulado nos depósitos de leite que estão sob a aréola. Por causa de sua aparência muitas mães acham que tem leite fraco. A segunda parte do leite só começa a ser produzida um ou dois minutos após a criança estar sugando. Embora ele seja bem mais branco do que aquele da primeira parte, no início, eles se misturam para saírem esbranquiçados, até sair totalmente branco. Quanto mais a criança sugar, mais o seio produzirá leite. Enquanto a criança está sugando num dos seios, está havendo formação de leite também no outro.